24.08.2017

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

DIRETORA DA FESEMPRE PARTICIPA DE REUNIÃO NA ALMG SOBRE AS PECS 33/2015 E 39/2015
Entidades Sindicais, Governo e oposição montaram uma comissão para aprovar lei sobre a liberação sindical.
Bárbara Batista
Da FESEMPRE, em Belo Horizonte - MG.


08/08/2017 • 11h15

Informações complementares:

Município: Belo Horizonte - MG


 

A diretora da Federação Interestadual dos Servidores Públicos Municipais e Estaduais (Fesempre) e diretora também da União Nacional dos Servidores Públicos (UNSP) Joelísia Feitosa participou, na última sexta-feira (04/08) de uma reunião entre entidades sindicais e assessores do governo do estado na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O intuito foi discutir a elaboração do projeto de lei que regulamente a liberação sindical dos dirigentes das entidades classistas no estado. Também estiveram presentes na reunião os diretores da Fesempre Geraldo Henrique, Denílson Martins, Denílson Marins e Alex Gomes.

 

 

De acordo com a dirigente sindical, o movimento sindical mineiro propôs ao Governo que seja feita uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que preveja a liberação de servidores públicos para o cargo de diretores para exercerem seus mandatos classistas, obtendo dessa forma a liberação para as funções em seus locais de trabalho. Essa nova PEC substituirá as PEC’s 33 e 39, ambas de 2015, já que seus textos estão defasados.

 

 

“Ficou decidido então que será criada uma comissão com deputados do governo e oposição, no prazo de 15 dias, para a elaboração dessa PEC”, explicou Joelísia Feitosa.

 

 

QUINQUENIO

 

Após o encerramento da reunião sobre a PEC que prevê a regulamentação da liberação dos dirigentes sindicais, os mesmos representantes discutiram sobre o retorno do quinquênio. Segundo Joelísia Feitosa, atualmente os servidores públicos do estado recebem o quinquênio por meio da Avaliação de Desempenho (ADI).

 

“Queremos que seja feita uma PEC que altere o artigo 116 do ato das disposições constitucionais e transitórias da Constituição do Estado, que visa retornar o benefício dos quinquênios para os servidores públicos. Matéria semelhante já foi promulgada em maio, para os servidores da Educação. O retorno desse direito, devolveria a isonomia aos servidores mais antigos, e mais modernos, estabelecendo o equilíbrio harmônico entre as carreiras do Estado”, finalizou Joelísia Feitosa.

 


Federação Interestadual dos Servidores Públicos Municipais e Estaduais
Assessoria de Comunicação - (31) 3274-2427
Email: jornalismo@fesempre.org.br
Curta nossa fan page: facebook.com/fesempreoficial

  • Voltar

  •  

Parceiros
Rua da Bahia, 1148 - 16º andar - Centro - Belo Horizonte | MG - CEP 30160-906 - 31 32742427
©2010 | 2017 FESEMPRE. Todos os direitos reservados.