21.07.2019

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

PT E PSDB PROMETEM VETAR CANDIDATO FICHA-SUJA

Os presidentes nacionais do PSDB e do PT firmaram nesta segunda-feira, em São Paulo, o compromisso de não lançar nestas eleições candidatos que tenham sido condenados pela Justiça, conforme prevê o projeto de iniciativa popular "Ficha Limpa".

Origem: publicação de terceiros.

10/05/2010 • 14:55

 

O dirigente tucano Sérgio Guerra consignou: "Não vamos ter ninguém no PSDB com ficha suja." O líder petista José Eduardo Dutra endossou: "Nós também. Aplicamos a ficha limpa desde a fundação do partido."

 

Apesar de afirmarem que seus partidos já vêm trabalhando para barrar os "fichas-suja", os líderes não souberam explicar em detalhes, em entrevista após o evento, como colocarão em prática a promessa feita hoje. Ambos citaram o projeto "Ficha Limpa" como referência, vetando quem foi condenado em segunda instância em órgãos colegiados.

 

Guerra disse que tomará como base as listas de pleiteantes a candidato das executivas estaduais do PSDB. "Não é difícil de funcionar. É ver as nominatas em cada Estado e fazer uma avaliação das indicações", disse o tucano.

 

Dutra afirmou que a executiva nacional do PT conhece a ficha de seus candidatos. "Todos os candidatos são conhecidos no partido, não tem quem caia de paraquedas, que você não conheça a ficha pregressa. Entre os candidatos a deputados federais eu não conheço ninguém que já tenha sido condenado nas condições do projeto (Ficha Limpa)", disse o petista. Segundo ele, para se lançar pelo PT, a pessoa assina o "Compromisso do Candidato Petista", em que já há a declaração de que não foi condenado pela Justiça.

 

Fonte: Agência Estado

 

  • Voltar

  •  

Parceiros
Rua da Bahia, 1148 - 16º andar - Centro - Belo Horizonte | MG - CEP 30160-906 - 31 32742427
©2010 | 2018 FESEMPRE. Todos os direitos reservados.