21.07.2019

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

NÚMERO DE SERVIDORES PÚBLICOS AUMENTOU 20% EM CINCO ANOS

Um levantamento realizado pelo Ministério do Trabalho mostra que o número de pessoas trabalhando na administração pública brasileira aumentou 1,5 milhão entre 2003 e 2008, passando de 7,2 milhões para 8,7 milhões nos setores federal, estadual e municipal.

Origem: publicação de terceiros.

07/05/2010 • 13:37

 

Um levantamento realizado pelo Ministério do Trabalho mostra que o número de pessoas trabalhando na administração pública brasileira aumentou 1,5 milhão entre 2003 e 2008, passando de 7,2 milhões para 8,7 milhões nos setores federal, estadual e municipal. Segundo a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), a remuneração média desse funcionário cresceu 30,3% nesse período, passando de R$ 1.655,00 para R$ 2.158,00.

 

Por nível de escolaridade, a maior variação na remuneração média ocorreu em relação ao grau de instrução até 4ª série incompleta, com uma expansão de 477% nos últimos cinco anos, passando de R$ 670,19 para R$ 956,80. O salário médio dos trabalhadores com Ensino Médio Completo teve alta de 24,16% passando de R$ 1.286,24 para R$ 1.596,96; e dos servidores com nível Superior Completo alcançou R$ 3.448,31 ao final de 2008, equivalente a um aumento de 20,21% desde 2003.

 

O levantamento aponta mostra ainda que os trabalhadores do setor público federal tiveram a maior remuneração média em cinco anos e também o maior índice de variação positiva. De acordo com a RAIS, a remuneração passou de R$ 3.901 em 2003 para R$ 5.247 ao final de 2008, equivalente a expansão de 34,5%. Na estadual, passou de R$ 1.839,9 para R$ 2.4381 (323%) e na municipal, de R$ 1.0477 para R$ 1.306,33 (25,27%).

 

O sexo masculino obteve a maior remuneração em todo setor público, sendo que a média ficou em R$ 2.580,66 ante R$ 1.9821. Em contrapartida, a remuneração das mulheres passou de R$ 1.406,24 para R$ 1.860,56. Dos 7,2 milhões de trabalhadores em 2003, o contingente masculino correspondia com 3,1 milhões. Em 2008, passou para 3,6 milhões, sendo que as mulheres totalizavam mais de 5,1 milhões nesse mesmo período.

 

Fonte: O Estadão

  • Voltar

  •  

Parceiros
Rua da Bahia, 1148 - 16º andar - Centro - Belo Horizonte | MG - CEP 30160-906 - 31 32742427
©2010 | 2018 FESEMPRE. Todos os direitos reservados.