Últimas notícias
11/04/2018
Belo Horizonte - MG

SINDICATO DOS SERVIDORES DA POLÍCIA CIVIL DE MINAS ENVIA OFÍCIO AO GOVERNADOR DE MINAS
Entidade pede o fim do tratamento diferenciado e requere auxílio alimentação para policiais.



 

Em reação ao ato discriminatório do governador Fernando Pimentel em não estender o efeito da Resolução COF Nº 01, de 04 de abril de 2018, sobre o auxílio-alimentação, para grupos de atividade do Poder Executivo, excluindo os policiais civis, militares e corpo de bombeiro militar, fato que já foi alertado em reuniões da Intersindical. A direção do Sindicato dos Servidores da Polícia civil do Estado de Minas Gerais (Sindpol/MG) oficiou o governador para que o mesmo reveja seu posicionamento, estendendo o benefício aos operadores de Segurança Pública.

 

O presidente do sindicato e diretor da Federação Interestadual dos Servidores Públicos Municipais e Estaduais (Fesempre), Denilson Martins afirmou que “desde que tomou conhecimento da referida resolução, tem se articulado, através de contatos nos canais hierárquico do Governo do Estado, no sentido de alertar sobre a gravidade da referida matéria e da necessidade de reversão do ato, com vistas a alcançar a todo o conjunto do funcionalismo”.
Veja o ofício.

 

 

Fonte: Sindipol/MG

 

 

Federação Interestadual dos Servidores Públicos Municipais e Estaduais
Assessoria de Comunicação - (31) 3274-2427
Email: jornalismo@fesempre.org.br
Curta nossa fan page: facebook.com/fesempreoficial